Ir para página principal

Foi assim o DNJ 2018 na rensc

Setor Juventude da REGIÃO EPISCOPAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, sob A Luz do Evangelho e com a alegria que é própria da Juventude celebrou hoje o 33º DNJ. O DNJ 2018 com o tema: Juventude Construindo uma cultura de Paz” e o lema: “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, neste mundo vocês terão aflições, contudo tenham coragem, Eu venci o mundo”. Mesmo diante de um momento de grandes incertezas politicas e de disseminação do ódio da intolerância e ações que nos conduzem a morte, eis que o setor juventude junto com as mais diversas juventudes insurge como João Batista, como uma voz que clama no deserto e diz juntos construiremos uma cultura de Paz promovendo ações que valorizem a vida e nos ajudam a superar a violência. Nesse contexto o DNJ da RENSC apresentou em sua programação ações que fazem com que superemos toda a violência, promovemos no inicio de tudo a acolhida, algo tão simples e ao mesmo tempo esquecida nos tempos do whatsapp que nos conecta aos que estão distante e nos distância dos que estão próximos; como é bom sermos bem acolhidos e sentirmos através do nosso irmão a presença do Cristo Ressuscitado. Seguido de um belo momento de música popular brasileira, que mostra que a cultura e a arte podem ser bons aliados na superação da violência recebemos pra esse momento o jovem cantor Weslei Santos, que nos trouxe canções que nos falam de amor e vida e é um cantor que é uma voz da periferia e a música o tornou conhecido e amado além de transforma a sua vida e dos seus, que bom vivermos uma fé encarnada onde possamos apreciar e ver Jesus nas pequenas coisas. Como ápice do nosso DNJ eis o grande encontro com JESUS na Eucaristia, encontro esse inclusive que é um dos pilares da Jornada Mundial da Juventude é justamente o encontro com o Cristo, na escuta de sua Palavra e na Eucaristia e o encontro das juventudes com seu Pastor, para nós não foi diferente encontramos Cristo na sua Palavra, Ele nos deu como alimento na Eucaristia e encontramos com nosso Pastor Dom Edson, que apascenta o rebanho que lhe fora confiado as jovens e os jovens da nossa região Episcopal, que a exemplo do Papa Francisco e com as luzes do evangelho nos ajudam na construção de uma cultura de paz e a nos livramos das cegueira, nesta caminhada catequética elaborada pelo evangelista Marcos, ainda se percebe a cegueira dos seguidores de Jesus a época, e também as nossas hoje. Ela se manifesta quando tomam a atitude de afastar o cego que busca se aproximar de Jesus. O grito do mendigo foi sua arma para chegar até o Mestre. Quantos jovens ainda em nossos dias têm seus gritos sufocados. A cegueira nos impede de ser autênticos discípulos de Cristo. Terminada a celebração eucarística fomos brindados com uma belíssima apresentação da oficina de Percussão do Programa Fica Vivo, como o próprio nome já diz é um programa instalado em comunidades com alto índice de vulnerabilidade social e altas taxas de mortalidade de jovens, esses jovens talentos encontraram na musica uma forma de superação e sobrevivência em suas comunidades, são jovens que foram transformados pela música e que estão a cada dia alçando voos mais altos, como canta nosso grande padre Zezinho em sua canção águia pequena: ...“ Tu me fizeste uma das tuas criaturas Com ânsia de amar Águia pequena que nasceu para as alturas Com ânsia de voar ... Pequenas águias correm risco quando voam Mas devem arriscar”... E assim são esses jovens que com ânsia de voar estão ai conquistando espaços muitas das vezes nunca pensados e vemos nessa bela ação mais uma grande forma de superarmos a violência. Já com o adiantar das horas finalizando a tarde e inicio de noite acolhemos em nosso meio o Rogerinho Mundo e a galera do Papo Jovem que foi um Kairós em nosso meio, quantas graças e curas derramadas. E fechando a noite recebemos os jovens da Comunidade Colo de DEUS que cantaram e rezaram conosco, maravilhoso, afinal a oração é um dos grandes meios de superação da violência e que nos ajuda sempre na construção de uma Cultura de PAZ. Então nesse momento de encerramento o sentimento é de GRATIDÃO, gratidão ao Senhor DEUS razão única da nossa existência em primeiro lugar e depois a cada uma e cada um dos jovens que ali se fez presente na tarde de hoje. OBRIGADO JUVENTUDE PELA RESPOSTA POSITIVA, OBRIGADO Pe. Antônio Moacir, obrigado Cremilda, obrigado Margareth e toda a equipe da Arena Mundo obrigado comissão de organização RENSC. Wendel, coordenção do Setor de Juventude da Rensc

.